Paper - Modelo de Paper e seu conceito

PAPER

Conceito:

É um pequeno texto elaborado sobre um tema pré-determinado, resultado de estudos ou de pesquisas científicas, no qual o aluno irá desenvolver análises e argumentações, com objetividade e clareza, orientando-se em fatos ou opiniões de especialistas. O objetivo do Paper é estimular o aluno no aprofundamento de um assunto, já exercitando a elaboração de trabalhos sob uma linguagem acadêmico-científica. Num Paper, espera-se o desenvolvimento de um ponto de vista acerca de um tema, uma tomada de posição definida e a expressão dos pensamentos de forma original. Quanto à estrutura, seguir da comunicação científica. Deve ser escrito em terceira pessoa.

Para a ABNT (1989) Paper é um pequeno artigo científico, elaborado sobre determinado tema ou resultado de um projeto de pesquisa para comunicações em congressos e reuniões científicas, sujeitos à sua aceitação por julgamento.

Os propósitos de um Paper são quase sempre os de formar um problema, estudá-lo, adequar hipóteses, cotejar dados, prover uma metodologia própria e, finalmente, concluir ou eventualmente recomendar.

O Paper é intrinsecamente técnico, podendo envolver fórmulas, gráficos, citações e pés de página, anexos, adendos e referências. Num Paper a opinião do autor é velada e tem a aparência imparcial e distante, não deixando transparecer tão claramente as crenças e as preferências do escritor. Para Carmo Neto (1996) os dados de um Paper são geralmente experimentais, mensuráveis objetivamente; mesmo os mais intuitivos ou hipotéticos sempre imprimem um certo pendor cientifico, e quase sempre são formados a partir de uma metodologia própria para aquele fim.

O Paper é:

* Uma síntese de suas descobertas sobre um tema e seu julgamento, avaliação, interpretação sobre essas descobertas.
* Um trabalho que deve apresentar originalidade quanto às ideias.
* Um trabalho que deve reconhecer as fontes que foram utilizadas; que mostra que o pesquisador é parte da comunidade acadêmica.

O Paper não é:

* Um resumo de um artigo ou livro (ou outra fonte).
* Ideias de outras pessoas, repetidas não criticamente.
* Uma série de citações.
* Opinião pessoal não evidenciada, não demonstrada.
* Cópia do trabalho de outra pessoa sem reconhecê-la.

Técnica de elaboração:

Este tipo de trabalho deve ser apresentado segundo as normas ABNT, contendo citações diretas e/ou indiretas que sustentem os argumentos do aluno em relação ao tema em debate. Como todo trabalho de caráter acadêmico-científico, o Paper deve conter em sua estrutura: Introdução, desenvolvimento, conclusão e referências bibliográficas.

Um Paper deve ser redigido em três seções:

1. Pré-Textuais

* O Título e subtítulo (se houver) devem figurar na página de abertura do artigo, na língua do texto;
* A autoria: Nome completo do(s) autor(es) na forma direta, acompanhados de um breve currículo que o(s) qualifique na área do artigo;

2. Textuais

* Introdução: O objetivo desta seção é introduzir o leitor na questão do tema ou assunto que será tratado no Paper. Informação básica, importância e porque está-se escrevendo sobre o assunto.
* Desenvolvimento: Esta é a situação atual, em outras palavras, esta é a seção na qual você diz ao leitor alguma coisa. Você deve estar seguro de organizar o desenvolvimento de maneira que o leitor possa seguir facilmente seu pensamento.
* Conclusões/Considerações Finais: Se for position paper você deverá argumentar e sintetizar as ideias do texto.

3. Pós-Textuais

* Referências: constitui uma lista ordenada dos documentos efetivamente citados no texto. (elemento obrigatório).


Para auxiliá-lo nesta tarefa, está em anexo um Modelo de Paper pronto, bastando apenas substituir os textos pelos seus.



Fonte: ABNT - Associação Brasileira de Normas Técnicas.

Um comentário

Anônimo disse...

Muito Obrigado!

Tecnologia do Blogger.